jusbrasil.com.br
27 de Julho de 2021

Como funciona o meu escritório digital de advocacia?

Não é egocentrismo, vou falar sobre o meu pois existem outros que trabalham dessa forma.

Maico Volkmer, Advogado
Publicado por Maico Volkmer
ano passado

Como havia dito no artigo anterior, escrevi bastante por aqui sobre temas técnicos do mundo jurídico, mas esqueci de fazer o “feijão com arroz”, que é falar do meu escritório e seu funcionamento.

A proposta não é super inovadora, já existem colegas que trabalham dessa forma e que conseguiram atingir o sucesso, de modo que são vistos como referência na prática jurídica por meio da internet.

Vou organizar em tópicos curtos, para facilitar a leitura e para que você possa compreender um pouco mais das rotinas e do trabalho.

Tenho um endereço físico?

Essa é a primeira dúvida e ela se justifica. A maioria das empresas que trabalham de forma digital, tem uma estrutura física. Não poderia ser diferente com os escritórios de advocacia, apesar de alguns atenderem de forma 100% digital, ou seja, sem qualquer contato presencial.

Tenho um escritório físico. Que não é muito grande. Composto por uma sala única, minha mesa de trabalho, arquivo, impressora (que em breve entrará em extinção) e cadeiras para atender os clientes que demandam atendimento presencial. Sim, ainda faço isso e sempre vou fazer, em alguns casos. Existem demandas que dependem exclusivamente de prova documental e nas quais não há necessidade de definir uma estratégia processual. Essas são atendidas somente pela internet. Mas, se o cliente quiser vir até aqui e tomar um café, será bem vindo da mesma forma.

Além disso, o mínimo de apoio físico você vai precisar, nem que seja uma mesa de trabalho, cadeira confortável e um espaço bem iluminado e silencioso e o principal, privativo, onde você não seja interrompido de quinze em quinze minutos.

Muitos optam por coworkings. Não posso avaliar, pois não tenho essa experiência, mas sem dúvida é uma tendência crescente, considerando a redução de custo em comparação ao aluguel de uma sala comercial e a interação existente. Fico sozinho no escritório e já cogitei trabalhar num espaço compartilhado simplesmente para poder interagir com outras pessoas.

As vantagens

A principal delas é a estrutura enxuta. A minha equipe é composta por mim (risos) e alguns processos que antes eram feitos pelo escritório, hoje me poupam tempo, vez que são feitos pelos clientes. Por exemplo, a digitalização de documentos. Quando o contato é todo de maneira virtual eu já recebo os documentos digitalizados. Por vezes é preciso convertê-los em outro formato ou organizar, mas isso é muito mais rápido do que ficar passando documento por documento num scanner.

Permite que atenda um número maior de demandas e permite que dedique mais tempo ao estudo e a produção de artigos, que é um dos meios de atração de clientes, como detalharemos a frente. Além de poder responder mais rápido aos demandantes e poder, de uma forma geral, prestar mais atenção no cliente.

A forma de atrair clientes

Atualmente dispomos de várias maneiras de ser encontrado na internet, mas a principal delas é através do Google e das redes sociais.

Recentemente vi um estudo relatando que a rede social mais acessada no Brasil não era o Instagram, nem o Facebook, nem o WhatsApp, e sim o YouTube. Talvez, por não ter um canal na plataforma eu esteja perdendo uma boa ferramenta de atração de clientes. Eu aposto muito no JusBrasil, na produção de artigos e no blog, que é onde meus artigos técnicos são publicados por primeiro.

Todas essas ferramentas são instrumentos do chamado marketing de conteúdo, que é um conceito para atrair clientes e demandas através da publicação de artigos e textos informativos e, lógico, tudo isso de maneira orgânica, ou seja, sem gastar com publicidade através de anúncios do Google.

Nada contra quem paga por anúncios, mas também não tenho essa experiência, então não posso opinar. O importante é encontrar uma maneira de ser visto e de ser encontrado, pois sabemos que quanto mais contatos, maiores as chances de fechar bons contratos.

Importante também definir quais as estratégias que funcionam, pois, do contrário o tempo que você ganhou com outras coisas, perderá com produção de conteúdos que não dão retorno.

A construção de uma imagem confiável

Esse é um dos grandes desafios: construir uma imagem confiável. Nada na advocacia funciona antes de você ser reconhecido como advogado. Não basta se formar em Direito, ser aprovado na OAB e solicitar sua inscrição. Você precisará ser visto como advogado antes dos clientes passarem a te contratar. E digo mais, não só ser visto como advogado, mas como um advogado confiável, para quem eu posso entregar um ponto delicado da minha vida.

Leva tempo, digo com propriedade. Não é num mês de advocacia que você vai passar a atender cinquenta clientes mensais e conseguir cinco assessorias fixas. Demora mais do que isso e cada um tem o seu tempo. As variáveis são muitas.

Transparência

Tudo isso, se faz com processos claros de atendimento. Falo muito da transparência e é o meu principal norteador. Vejo que sem utilizá-la como valor fundamental, não há como ter sucesso, não há como passar uma imagem confiável.

Defini meus processos de atendimento e de resposta num documento de fácil consulta. Sigo um roteiro. Para minha segurança e para o conforto do cliente. Já imaginou se você tiver que chamar ele no WhatsApp toda vez que precisar de um documento? O roteiro de atendimento te ajuda a não esquecer nada, a fazer mais com menos. Literalmente, otimizar o tempo.

É possível atender de forma 100% digital?

Dependendo da situação, sim. Tenho muitos clientes de outros estados. Arrisco a dizer que são a maioria. Porém, todas as demandas são cíveis e não exigirão audiência, ou se exigirem, as mesmas poderão ser feitas via videoconferência.

A tecnologia está aí e precisamos saber usá-la, para ganhar tempo e para economizar recursos, para que tudo isso impacte em qualidade de vida, para o profissional e para o cliente.

No entanto, em alguns momentos ainda precisamos do contato pessoal. Possibilito isso aos meus clientes, mas depende de cada profissional e do seu jeito de enxergar a advocacia e os serviços jurídicos.

Tenho um objetivo de vida que é desenvolver negócios digitais, visto que isso me proporciona a liberdade de trabalhar de qualquer lugar, necessitando apenas de um computador e de uma conexão com a internet, mas se você gosta de rotina e de ir todo dia para o escritório, pode trabalhar com um modelo híbrido, atrair pela internet e fechar os contratos de forma presencial. Vai tudo da sua avaliação e objetivos com a carreira de advogado.


Quer trocar uma idéia sobre o assunto, me mande um e-mail.

34 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Excelente artigo Dr. Você possui alguma ficha de entrevista com o cliente, onde constam todas as perguntas possíveis a serem feitas referente ao caso que você está analisando no momento do atendimento? continuar lendo

Obrigado pelo feedback, Dr. Gustavo. Não tenho ficha. Já vi colegas usando, mas para atendimento presencial, já que no virtual as conversas ficarão registradas no whatsapp ou no e-mail, dispensando assinatura ou algo semelhante e também, para esse atendimento à distância, tenho priorizado questões que envolvam somente prova documental, em razão das audiências (aqui vídeo conferência era exceção antes da pandemia, vamos ver agora). continuar lendo

Excelente artigo!
Minha principal fonte de clientes é aqui no Jusbrasil também. Foco toda a minha energia aqui.
Já pensei em criar um canal no youtube, mas acabo desistindo por toda a complexidade de gravar vídeos, editar e etc.
Acredito que sou mais do "escrever' do que"gravar" rs.

Mas gostei muito das suas dicas de como montar um escritório virtual.

Um abraço. continuar lendo

Grato pelo feedback, Dra. Raquell! Estamos na mesma em relação ao YouTube, hehe! Abraço continuar lendo

Boa tarde Dra. Raquell, qual a sua persona? continuar lendo

Dr Fabio, meus artigos são voltados para Locação de Imóveis e Compra e venda. Na perspectiva do proprietário.

Um abraço. continuar lendo

Semana passada em um grupo de Facebook vi uma pergunta sobre isso e respondi, parecia que eu estava falando sobre algo de outro mundo hahaha

Quase todos os meus clientes eu nunca nem vi, as pessoas não têm medo de tecnologia como antes.

Na verdade escritórios digital é igual a qualquer outro, muitos advogados criaram uma pompa em cima disso que não existe. continuar lendo

Exatamente, Alice! O que muda é que a gente usa a internet para conseguir clientes, coisa que os mais conservadores ainda não fazem e essa tendência vai crescer cada vez mais, a meu ver... continuar lendo

Dr. Maico, excelente artigo!! Parabéns. continuar lendo

Obrigado pelo feedback, Priscylla! continuar lendo